Associação Cirúrgica
A realização de diferentes procedimentos cirúrgicos utilizando-se o mesmo ato anestésico é conhecida como associação cirúrgica, e é prática frequente em Cirurgia Plástica. O fato de se poder associar cirurgias em uma mesma internação e usando “a mesma anestesia” pode ser cômodo para o paciente e o cirurgião, já que permite um único período de recuperação e em geral reduz o tempo total afastamento do paciente de suas atividades quotidianas.

Muito se tem falado a respeito dos riscos de realizar cirurgias combinadas. É fato que procedimentos cirúrgicos realizados conjuntamente associam suas respectivas parcelas de “agressão cirúrgica” e prolongam o tempo passado sob o efeito de anestesia, o que pode representar um aumento no risco de complicações.

A possibilidade ou não de realizar mais de uma cirurgia de modo associado leva em conta o porte (“tamanho”) dos procedimentos, bem como fatores relacionados ao paciente (como doenças preexistentes, idade e hábitos como o fumo) e o tipo de anestesia empregado. Essa possibilidade deve ser avaliada pelo Cirurgião Plástico juntamente com o paciente durante a consulta, momento em que serão indicados os tratamentos e pesados todos os fatores que, em conjunto, irão determinar se a associação implica ou não em risco elevado.

Campinas - Clínica Benavitta - Albino José Barbosa de Oliveira, 856, Barão Geraldo. Tel (19) 3367-8600
Indaiatuba - Office Premium - Rua das Orquídeas, 667, Cj. 401, Jd. Pompeia. Tel (19) 3115-3337/(19) 99915-3337
DR. DAVI REIS CALDERONI ® 2012 - Todos os Direitos Reservados CRISOFT ® 2005